terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Suas marcas


“São sete horas da manhã “
Não vejo Cristo da janela
Mas noto as montanhas tão verdes
E o azul do céu tão formoso
Que me deixo ir até seu sorriso
Voando nas asas de um passarinho
E imagino seu sono morena
Que tão linda sei , que ta dormindo…

Essa madrugada me deitei ainda com seu cheiro
Minhas costas ardendo e com o gosto do seu beijo
Me deitei e fui te visitar
Só para te proteger dos perigos
E acalmar meu próprio sentido e
Em sua face um beijo deixar
E fico seduzido admirando o seu dormir
Quem sabe sonhando comigo..

O meu amor permite você voar
É um amor puro incapaz de castrar
E por isso te quero pra sempre
Boiando nesse meu castanho olhar
E em seu corpo moreno
Quero sempre poder deitar

O nosso amor perigoso
Tem o gosto do quero mais
Tem um sabor agri doce
E um tempero que faz o beijo ser beijo
E a boca nem querer se soltar mais

“ São sete horas da manhã “
Logo cedinho te enfeito num poema
Me acompanha os primeiros raios de sol
E me sinto o melhor homem do mundo
Lembrando o nosso dengo
E o amor dentro do nosso esconderijo
E te dou um abraço imaginário
E te ouço me chamando de encantado
E me encanto ao ouvir o vento
Chamando meu nome tão cedinho

Gustavo Sinder

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Meus dias ( repostagem )


Nos meses que seus dias foram meus
Quando meus olhos se distraiam admirando os seus
Grafei tantas poesias em tardes fugidias
Banhei-me na chuva de lágrimas sentidas
Que tão distraídas, acompanhei
Passeando em sua fronte menina

Nos meses que sua alegria era tão minha...
Dei gargalhadas, sonhei com sua alma apaixonada
Percorri caminhos imaginários de poeta sonhador
E no prosear diário sempre a encontrei
Camuflei-me na madrugada só para roubar-te um beijo
E proteger-te dos perigos dos pesadelos noturnos
Convoquei passarinhos para acordar-te cedo
Cantando em sua janela e, de bem longe imaginei,
Esse seu sorriso luminoso...

Jamais toquei sua pele, mas sempre senti suas caricias
Jamais beijei seus lábios, mas a brisa tinha a sua maciez
Jamais estive perto de você, mas não esquecerei seu nome
Ainda que pra bem longe, te leve a vida

Nos meses que tive seus sentidos
Fui tão homem e fui tão menino
Que confesso: Perdi-me...

Hoje, ao amanhecer, a chuva me acordou
Tomando meu café amargo
Chamei seu nome baixinho
Para não atrapalhar seu dia
Mas em meu pensamento desperto
E depois de tanta caricia
Sozinho fico, somente tendo a saudade
Como minha fina e constante companhia

“Você foi o meu melhor sonho , será para sempre minha maior saudade”

Gustavo Sinder

Mengoooooooo

Mengoooooooo
Ser Flamengo é ser humano e ser inteiro e forte na capacidade de querer. É ter certezas, vontade, garra e disposição. É paixão com alegria, alma com fome de gol e vontade com definição. Artur da Távola